Autarquia Familiarmente Responsável (2)

Abrantes é, mais uma vez, pela sétima consecutiva, um dos municípios premiados com a Bandeira Verde, por práticas amigas das famílias, de acordo com o anunciado pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis.

Para a Câmara de Abrantes é com manifesto orgulho e responsabilidade acrescida que acolhe esta distinção que reconhece a sua ação, mas também dos seus colaboradores, em matéria de trabalho de proximidade aos cidadãos. A autarquia partilha este reconhecimento com todas as entidades locais suas parceiras no trabalho organizado da Rede Social. Partilha esta “recompensa”, também, com as Juntas de Freguesia do concelho, parceiros inestimáveis.

Para fundamentar o resultado, o observatório avalia 12 áreas de atuação, entre politicas municipais e, a nível interno, medidas facilitadoras de conciliação entre trabalho e família.

O prémio é fundamentado num conjunto de programas municipais colocadas ao dispor da comunidade local: Regulamento de Apoio a Estratos Social Desfavorecidos; Serviço de Atendimento à Vítima; Projeto Municipal de Promoção da Cidadania e da Igualdade; Programa Finabrantes (apoio às associações e entidades nas áreas desportivas, culturais e sociais); Banco Social; Bolsa de Estudo para Alunos do Ensino Superior; Banco de Recursos de Ajudas Técnicas Sociais; Refeições Sociais; Serviço de transporte a pedido; Programa “+ Vida (idosos); Serviço de teleassistência para idosos; Intervenção Precoce; Programa de Promoção da Saúde Oral; Projeto Bairro Con’Vida; Apoio em atividades que reforcem o envolvimento da comunidade educativa (atividades extracurriculares, apoio à família); Programa de ocupação de tempos livres nas três pausas letivas; Programação da Biblioteca com atividades intergeracionais; Realização de jogos tradicionais nas e com as freguesias; Realização de atividades desportivas para todas as idades; Cooperação com outras entidades concelhias para promoção de apoio integrado às famílias; Atividades de Apoio à Família no pré-escolar; Atividades de Enriquecimento Curricular; Serviço Municipal de Apoio à Família; Tarifa social no abastecimento de água, entre outros.

Foram também consideradas as boas práticas da autarquia para com os seus colaboradores em matéria de conciliação entre o trabalho e a família.


Cáritas reconstrói casa ardida

A Cáritas Diocesana de Portalegre-Castelo Branco e a empresa que vai reconstruir a habitação totalmente destruída no grande incêndio ocorrido em julho de 2017, localizada em Aldeia do Mato, assinaram, no dia 14 de novembro de 2017, o contrato que estabelece a formalização da obra, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Na presença da presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque e do vereador João Gomes, estiveram presentes Elicídio Bilé, o Presidente da Cáritas Diocesana de Portalegre - Castelo Branco e os responsáveis pela empresa que vai realizar a obra, Louro Brunheta e Filhos, com sede em Sentieiras, Fontes, concelho de Abrantes.

Presente esteve também o pároco Pedro Tropa, responsável pela Fábrica da Igreja, que acolheu provisoriamente a família desalojada, constituída por 5 pessoas.

O valor da reconstrução desta habitação é de 91.326 euros, acrescido do IVA, totalmente assumida pela Cáritas Diocesana de Portalegre-Castelo Branco. A obra terá inicio de imediato e prevê-se que a mesma esteja finalizada durante o mês de maio de 2018.

A Câmara de Abrantes participou no processo, tendo sido responsável pela elaboração do projeto de arquitetura e especialidades, pela elaboração do procedimento de lançamento de empreitada e irá assegurar a fiscalização da obra.
Elicídio Bilé sublinhou que a reconstrução desta habitação no concelho de Abrantes, mas também noutras reconstruções que a Cáritas está a assumir em vários pontos da região Centro, flagelada pelos incêndios florestais, só é possível “graças à generosidade do Povo Português”.

A presidente da Câmara agradeceu à Cáritas e à Fábrica da Igreja pela pronta resposta e articulação com a autarquia para encontrar a melhor resposta para a situação da família em causa.


Visionário: de espectadores a programadores

Quer ser visionário?
O município de Abrantes, em parceria com a Artemrede, convida todos os interessados em se inscrever no primeiro grupo de Visionários portugueses até 13 de novembro 2017, através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. . O primeiro encontro é dia 15 de novembro de 2017, pelas 18:30, em Abrantes, no Edifico Pirâmide (a confirmar).

O objetivo desta iniciativa é reunir um grupo de pessoas (maiores de 18 anos), dar-lhes a oportunidade de assistir a espetáculos, promover o debate com outros participantes e, finalmente, selecionar alguns dos espetáculos que serão apresentados na programação cultural para 2018 do município de Abrantes.

Para mais informações: https://www.facebook.com/Visionários-405397123136572/ ou https://www.artemrede.pt/v3/index.php/pt/

Visionários propõe um novo modelo de aproximação entre espectadores, artistas e instituições culturais. Subjacente a ela está a criação de uma plataforma de debate que fomenta a livre expressão, a aprendizagem informal e o empoderamento do espectador, que abandona o seu papel tendencialmente passivo para participar ativamente nos processos de programação.


Os primeiros grupos de Visionários portugueses vão reunir-se pela primeira vez em diversos municípios durante o European Spectators Day, um evento promovido pelo projeto Be SpecACTive! que acontece simultaneamente em várias cidades da Europa.


Neste sítio são utilizados cookies de forma a melhorar o desenpenho e a experiência do utilizador. Ao navegar no nosso sítio estará a concordar com a sua utilização. Para saber mais sobre cookies, consulte a nossa politica de privacidade.