Feira de S. Matias

Já abriu a edição 2020 da Feira de S. Matias. Até 08 de março, no Aquapolis Sul, em Rossio ao Sul do Tejo, com as habituais atrações: divertimentos; espaços com jogos eletrónicos; cutelaria; cestaria; loiças de barro; moveis; quinquilharia; nutelleria; bares; roulottes de farturas; pipocas e algodão doce, entre outras.

O Presidente da Câmara, Manuel Jorge Valamatos, deu as boas vindas aos cerca de meia centena de comerciantes participantes, aos representantes das instituições que quiseram partilhar o momento inaugural e aos alunos, professores e assistentes da Escola Básica de Rossio ao Sul do Tejo. A todos pediu colaboração para a afirmação do certame.

 
Para reforçar a dinâmica da Feira, a Câmara de Abrantes introduziu este ano Iluminação decorativa e animação de rua aos sábados:
22.fevereiro
15:00 às 19:00 | Animação de rua com o Palhaço Malabarista

29.fevereiro
15:00 | Arruada com os Arrebimbá Fundo, da Casa do Povo de S. Facundo
15:00 às 17:00 | Animação de rua com saltimbancos e músicos

07.março
15:00 | Arruada com os Arrebimbá Fundo
15:00 às 17:00 | Animação de rua com saltimbancos e músico.


Intervenção na Igreja de S. Vicente

O Presidente da Câmara de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos e o representante da Nova Conservação - Restauro e Conservação do Património Artístico-Cultural, S.A., Nuno Proença de Almeida, assinaram no dia 14 de fevereiro de 2020 o auto de consignação para obras de restauro de dois altares na Igreja de S. Vicente.

Já sobre a Igreja de São João Baptista de Abrantes, que está classificada como Monumento Nacional e por isso está afeta à Direção-Geral do Património (DGPC), Manuel Jorge Valamatos anunciou que a CMA está a fazer o levantamento das necessidades do espaço e que, na sequência de recente reunião com a DGPC, há o compromisso desta entidade realizar projeto para a requalificação da igreja. Já a Câmara compromete-se a encontrar condições para apresentar uma candidatura a financiamento a fundos comunitários.

 
A intervenção na Igreja de S. Vicente refere-se a trabalhos de conservação e restauro de material pétreo artístico e madeira policromada e talha pertencentes a dois altares da nave lateral (lado Evangelho) e aos trabalhos de conservação e restauro da pintura mural existente nas abóbadas da nave lateral (Lado do Evangelho) e das capelas da cabeceira. Para além dos restauros estão ainda previstos os trabalhos de reparação, hidratação e pintura de caixilharias em madeira, maioritariamente, portas exteriores históricas e os trabalhos de caiação com integração de cor, em abóbadas pertencentes às naves laterais.

A empreitada está adjudicada por 120.748,67 € + IVA e é financiada por fundos comunitários em 85%, sendo os restantes 15% assumidos pela Câmara de Abrantes e pela DGPC.

Apesar da Igreja de S. Vicente, que é Monumento Nacional, e por isso estar também afeta à DGPC, a Câmara Municipal de Abrantes, que reconhece a importância da valorização do património religioso, é a dona da obra que é financiada por fundos comunitários graças à aprovação de uma candidatura apresentada pela autarquia.

Relançamento da Canoagem

O Município de Abrantes, a Federação Portuguesa de Canoagem e o Clube Desportivo “Os Patos” juntam-se para relançar a modalidade de Canoagem, a partir do plano de água no rio Tejo.

Brevemente, será assinado um protocolo entre as três entidades para impulsionar a prática da canoagem nas vertentes da formação e da competição, revitalizando uma modalidade que, pelo seu impacto e importância histórica e social, muito contribuiu num passado recente para a formação de atletas de craveira, de entre os quais se destaca a canoísta olímpica Francisca Laia, mas também para a projeção do Concelho de Abrantes.

Na reunião de Câmara realizada no dia 18 de fevereiro de 2020 foi aprovada, por unanimidade, a minuta do protocolo que tem por objeto a cooperação financeira e logística entre as três entidades envolvidas. Os objetivos da parceria passam por impulsionar a formação e competição da canoagem; fomentar a igualdade do género, promover a atividade física; aumentar o número de praticantes e complementar a oferta desportiva existente e fortalecer as parcerias entre clubes, federação, escolas e autarquia.

 
O Município de Abrantes assumirá o apoio financeiro único de 10.000 euros ao Clube Desportivo “Os Patos”, sob a forma de contrato-programa. Competirá ao clube fomentar e dinamizar a prática da Canoagem, através da revitalização da “Escola de Canoagem”, para iniciação à modalidade e preparar o relançamento da competição.

Já a Federação compromete-se a disponibilizar recursos humanos para a formação técnica da modalidade e a capacitação dos agentes desportivos associados, em estreita articulação com o Clube Desportivo “Os Patos”. Assumirá ainda a promoção da modalidade junto dos Agrupamentos e Escolas de Abrantes, através de ações concertadas com o clube local e envidará esforços no sentido de incluir a realização de uma prova nacional anual em Abrantes.


Neste sítio são utilizados cookies de forma a melhorar o desenpenho e a experiência do utilizador. Ao navegar no nosso sítio estará a concordar com a sua utilização. Para saber mais sobre cookies, consulte a nossa politica de privacidade.