Museu MDF – Museu do Ano

O Museu Metalúrgica Duarte Ferreira foi hoje anunciado no dia 25 de maio como o Melhor Museu do Ano 2018 pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM), que atribui anualmente um conjunto de prémios aos melhores projetos no setor.

 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, entregou o prémio à Presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque, durante a cerimónia de entrega dos prémios que decorreu no Auditório do Museu Nacional dos Coches, em Lisboa. "A Câmara Municipal de Abrantes tem um mérito enorme e revela a força do poder local, que vai onde não vai o poder central" – enalteceu o Chefe de Estado.
Ao Museu Metalúrgica Duarte Ferreira também foi atribuída uma MENÇÃO HONROSA na categoria Investigação, através do livro “Metalúrgica Duarte Ferreira 1879-1997. Uma história em constante metamorfose.”, com edição da CMA e da autoria da jornalista Patrícia Fonseca.
Inaugurado na Vila do Tramagal  a 1 de Maio de 2017,  registando mais de três milhares de visitantes de todo o país,  o Museu Metalúrgica Duarte Ferreira evoca uma história com mais de um século, desde o ano de 1879, data em que Eduardo Duarte Ferreira ergueu a primeira forja e 1997 a data da extinção da Metalúrgica Duarte Ferreira. É um equipamento cultural que resulta do querer da população local e da parceria entre a Câmara Municipal de Abrantes, a Junta de Freguesia de Tramagal e o Grupo Diorama (detentor do edifício do antigo Escritório Principal da fábrica onde está implantado o museu e também de grande parte do seu espólio).
A presidente da Câmara da Câmara de Abrantes dedicou o prémio aos Tramagalenses, “como reconhecimento pelo seu trabalho e resiliência” e partilhou o prémio com todos os cidadãos do Concelho de Abrantes. Para Maria do Céu Albuquerque, o reconhecimento da Associação Portuguesa de Museologia “confere-nos uma maior responsabilidade dentro do panorama museológico português”.

 

Veja aqui o vídeo de apresentação do Museu Metalúrgica Duarte Ferreira

 

 


 

 

 

5º Aniversário da AHBV

No dia em que assinalou o seu 5º Aniversário, 19 de maio, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários (AHBV) de Abrantes agraciou a presidente da Câmara Municipal pelo permanente apoio da CMA à atividade dos bombeiros.

O apoio da CMA à Associação resulta do compromisso assumido por protocolo, em 2013, na sequencia da passagem da gestão do corpo de bombeiros municipais a esta associação criada, no seio da sociedade civil, especificamente para o efeito. Uma decisão política, posteriormente ratificada pela Autoridade Nacional de Proteção Civil e pela Liga de Bombeiros, que na altura não gerou consensos, mas que, volvidos 5 anos, foi felicitada pelos representantes das entidades que usaram da palavra nesta cerimónia, pela capacidade de resposta e pelo mérito que a mesma trouxe aos bombeiros e às populações que servem.

Maria do Céu Albuquerque dedicou o agraciamento aos soldados da paz, tendo referido que “a solução encontrada se concretizou na melhoria do socorro, da segurança contra riscos de incêndio, de acidentes e de participação em atividades de proteção civil no Concelho de Abrantes e num melhor serviço prestado aos cidadãos”, com mais e melhor resposta, mais recursos humanos e mais equipamentos. A autarca afirmou que a CMA “reconhece e sempre reconheceu” os 157 anos de história dos Bombeiros de Abrantes, sublinhando, “história esta que tem vindo a ser escrita com o nobre trabalho dos homens e mulheres que deram o melhor das suas vidas ao serviço da corporação, na primeira linha do apoio ao socorro da população”.

 
 Nesta cerimónia, a Liga de Bombeiros Portugueses condecorou os bombeiros municipais José Luís e António Rosa com o crachá de ouro. O reconhecimento da Liga pelos mais de 30 anos de trabalho e dedicação ao serviço dos bombeiros.

A AHBV condecorou os vários bombeiros da corporação com as medalhas de assiduidade de grau cobre, prata ouro e dedicação pelos 5, 10, 15, 20 e 25 anos ao serviço das populações do concelho de Abrantes e homenageou os elementos da comissão instaladora da Associação.

Foi apresentada a Equipa de Intervenção Permanente, constituída por cinco bombeiros e que iniciará funções no dia 1 de junho, aumentando a capacidade operacional dos bombeiros. A Câmara de Abrantes suporta financeiramente a operacionalização desta equipa.

Foram apresentadas duas novas viaturas: o novo Veículo de Apoio Logístico (VAL 05), oferecido pela Câmara Municipal de Abrantes. Esta viatura tem capacidade de transporte de 36 mil litros de água, um monitor e duas bombas para abastecimento de outros veículos. É um veículo autotanque de apoio ao combate a incêndios, principalmente os florestais. Também poderá também fazer o transporte de água às populações, em caso de necessidade; o novo Veículo Florestal de Combate a Incêndios que foi adquirido pela Associação e financiado pelo Portugal 2020, ao abrigo do POSEUR.


Largo Espírito Santo em Mouriscas

Em dia de Festa do Espírito Santo, 20 de maio, foi inaugurada a requalificação paisagística do Largo Espírito Santo, projeto vencedor da 1ª edição do Orçamento Participativo (2016), da autoria de Ana Pedro e António Louro.

O local tem um longo passado histórico. Foi durante muitos anos palco das tradicionais festas de verão. Praça central onde fica situada uma capela designada por Capela do Espírito Santo e um fontanário que assinala a chegada da água canalizada a Mouriscas ocorrida dos anos 60 do século passado.

Com a obra a cargo de uma empresa do concelho de Abrantes, a Construforte, este espaço público foi transformado num espaço polivalente de lazer e estadia, maioritariamente pavimentado em calçadas de calcário e granito, equipado com mobiliário urbano e com de equipamentos de ginásio ao ar livre (fitness). Foram plantadas arvores e a iluminação pública foi remodelada.

A obra foi adjudicada pelo valor de €80.8 14,99.

Na cerimónia de descerramento da placa de inauguração, Maria do Céu Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Abrantes, salientou a importância do investimento público nas freguesias e em particular em Mouriscas. A autarca disse à população local presente na cerimónia que se pretende “dar continuidade a um conjunto de investimentos no espaço público para melhorar a qualidade de vida”.


Neste sítio são utilizados cookies de forma a melhorar o desenpenho e a experiência do utilizador. Ao navegar no nosso sítio estará a concordar com a sua utilização. Para saber mais sobre cookies, consulte a nossa politica de privacidade.