• Do meu lugar, o que eu vejo, de Inês Norton

    Do meu lugar, o que eu vejo, de Inês Norton
    Até 02 de março

banner contactos

Quartel da Arte Contemporânea de Abrantes - Coleção Figueiredo Ribeiro

 A nova galeria municipal foi inaugurada no dia 31 de agosto de 2013, no edifício do antigo quartel dos bombeiros municipais. Veio substituir e dar continuidade à antiga galeria municipal que funcionou regularmente, durante 17 anos, junto à praça do município, com a função de divulgar a arte contemporânea e os artistas que a representam. 


Em junho de 2016, tomou a designação de Quartel da Arte Contemporânea – Coleção Figueiredo Ribeiro, após a assinatura de um Contrato de Comodato entre a Câmara Municipal de Abrantes e o colecionador de arte contemporânea Fernando Figueiredo Ribeiro. O espaço do Quartel passou a ser o palco de apresentação deste magnífico acervo, que inclui mais de um milhar de obras dos nomes mais relevantes da arte portuguesa das últimas décadas e de muitos artistas emergentes. 

Comporta três espaços distintos. Os pisos 0 e 1, como área de exposições e o piso -1 destinado à concretização de atividades diversas, como expressão plástica, workshops e promoção/divulgação de pequenos eventos de caráter artístico, cultural e pedagógico. 

Enquanto espaço arquitetónico e expositivo caracteriza-se pela flexibilidade e possibilidade de ordenação desse espaço. O uso da grande área ou a formação de pequenos espaços, delimitados por painéis amovíveis, permitem a cada exposição criar um novo espaço cénico capaz de mostrar um momento expositivo diferente, gerador de uma nova impressão estética.

 
Conversas de Quartel

Um projeto diferenciador, baseado na cultura do conhecimento e da criatividade que se sustenta numa parceria entre o Município de Abrantes, a jornalista Ana Sousa Dias e a Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA). O projeto visa a criação de um produto cultural audiovisual, resultante de entrevistas diretas, realizadas pela conceituada jornalista Ana Sousa Dias aos autores que compõem a paleta programática expositiva da Galeria Municipal.

As “Conversas de Quartel” são um elogio à conversa, dando a conhecer diferentes personalidades ligadas à arte, incluindo talentos locais, acompanhando o percurso do entrevistado e detendo-se sobre os aspetos particulares da sua atividade, as suas convicções e dúvidas, sempre sob uma perspetiva jornalística. O registo intimista, potenciado pelo cenário de arte contemporânea e pelo espírito do lugar, facilitam o acesso ao conhecimento e permitem discutir os caminhos do panorama artístico atual, internacional, nacional e local.

Para além do registo do discurso expositivo, com apoio de alunos de Comunicação Social da ESTA, criar-se-ão repositórios audiovisuais que serão difundidos através dos diferentes canais de comunicação municipais.

 
Entrevistas realizadas
• Catarina Castel-Branco, exposição “Biombos”
• António Vasconcelos Lapa, exposição “Voando – Cerâmica Contemporânea”
• José de Guimarães, exposição “Provas de Contacto”
• David Quiles Guilló, curador da exposição “Meta”/ The Wrong - New Digital Art Biennale - Creative Camp
• Victor Mestre e Sofia Aleixo, exposição de arquitectura “HERITAGE CONTINUITY and ethical link”
• Tomás Dias, exposição “Gravura / a oficina, a técnica e o impressor”




Contactos

Largo de Sant’ana
2200 – 348 Abrantes
T. 241 331 408
E.  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
GPS 39.464200, -8.201063


Horário de funcionamento

Terça a sábado das 10:00 às 12:30 e das 14:30 às 19:00. 
Encerra aos domingos, segundas e feriados.


 

Exposições anteriores

QUARTEL DA ARTE CONTEMPORÂNEA DE ABRANTES
– COLEÇÃO FIGUEIREDO RIBEIRO

2018

No Princípio // Henrique Vieira Ribeiro. Curadoria: Adelaide Ginga
Birbante // Pedro Henriques. Curadoria: Nuno faria


2017

White Noise // Fotografia de António Júlio Duarte
Tem-te Bem // Luísa Cunha

O Tempo Inscrito: Memória, Hiato e Projeção // Memória, Hiato e Projeção / Curadoria: Sérgio Fazenda Rodrigues. Uma seleção de obras da Coleção Figueiredo Ribeiro 

A Força das Coisas // Ana Perez-Quiroga. Curadoria: Maria do Mar Fazenda

 
 GALERIA MUNICIPAL DE ARTE

2016

Satoris e Nomadismos // Eurico Gonçalves e João do Vale

Cerâmica Contemporânea // Coletiva

Arte contemporânea, pintura, desenho, escultura, fotografia e instalação // Coleção L. Ferreira

Ponto de partida // Uma seleção de obras da coleção de arte contemporânea Figueiredo Ribeiro
100 anos de Artes Plásticas em Abrantes // 20 anos de Exposições

Circularmente falando - Uma pequena antologia pessoal // Sofia Areal. Parceria: Galeria Neupergama

2015

Chão de Artista // Andreia Inocêncio

Analógico. Urbano. Digital.

ARX // Arquivo
Galeria aberta // Coletiva de fotografia
A Neupergama em Abrantes
Urban Heart // Joana Arez
1928-2011 // Maria Lucília Moita

 
2014
Galeria aberta // coletivo de artistas locais
Gravura / a oficina, a técnica e o impressor // Tomás Dias
HERITAGE CONTINUITY and ethical link // Victor Mestre e Sofia Aleixo, arquitetos
Meta/ The Wrong - New Digital Art Biennale // 180 Creative Camp Abrantes
Provas de Contacto // José de Guimarães
Voando – Cerâmica Contemporânea // António Vasconcelos Lapa
Biombos // Catarina Castel-Branco 

2013
Handle With Care // Ícaro | Monofolha / E(n)caixa – Artistas convidados
A Arte Tecida // Tapeçarias de Manufactura de Tapeçarias de Portalegre / Fotografia de António Cunha


Neste sítio são utilizados cookies de forma a melhorar o desenpenho e a experiência do utilizador. Ao navegar no nosso sítio estará a concordar com a sua utilização. Para saber mais sobre cookies, consulte a nossa politica de privacidade.