O Creative Camp em Abrantes


Jovens de todo o mundo "com mentes criativas e efervescentes”, acompanhados por "alguns dos melhores criadores do mundo", estiveram em Abrantes para participar no 180 Creative Camp Abrantes 2016, entre os dias 3 e 10 de julho, onde tiveram oportunidade de partilhar ideias e experiências, em áreas como o design, arquitetura, arte, música, vídeo, fotografia ou ilustração. Um campo que proporcionou aos participantes o contacto com criadores como Sean Dunne, documentarista "do bizarro e do fora do vulgar", Frank Kalero, curador multidisciplinar e agente cultural, Javier Peña Ibáñez, pensador e criador de arquitetura e design, José Cardoso, ilustrador e designer, de entre outros. O conceito de Academia Criativa, associada às dinâmicas de aprendizagem informal, foi o mote desta edição, obtendo o reconhecimento institucional do próprio Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, que visitou o 180 Creative Camp Abrantes 2016 no dia 6 de julho.

 

Em jeito de balanço, a presidente da Câmara Municipal de Abrantes sustenta que se verificou um efetivo retorno de investimento da iniciativa, com resultados não tão mediáticos como o de um festival de música, por exemplo, mas "mais sustentável". Assume ainda que o evento atingiu "um patamar de desenvolvimento que agrada, mas que não conforta” porque a cidade quer chegar mais longe e quer manter a aposta num dos objetivos conseguidos este ano: o fortalecimento da partilha de experiências com a comunidade abrantina e o incentivo aos participantes para que explorem a cidade, conheçam e interajam com a cultura local, num propósito de crescimento da comunidade.”

 

Foi nesse sentido que se realizou um conjunto de iniciativas dirigidas à cidade e aos seus habitantes, entre elas o Stores Art Attack, em que os criadores deram "uma nova vida" aos espaços, num desafio lançado num dos workshops para "transformarem" os espaços públicos da cidade. A população pôde ainda assistir a sessões de conversas com os artistas, filmes, portfolio reviews ou concertos. Todas as noites foi possível ao público em geral assistir a palestras e apresentações dos artistas convidados. Houve ainda a exibição de filmes, espaços de convívio com os artistas convidados e momentos musicais. Aos mais novos, e frequentadores das “Férias Jovens”, foram proporcionadas atividades, como por exemplo a iniciativa de José Cardoso que promoveu o workshop “Single do it yourself” que permitiu aos participantes gravaram uma música acompanhada por uma capa para o seu single, tudo acompanhado com ações de merchandising.

 

Das ações promovidas pelos jovens artistas inscritos no 180 Creative Camp Abrantes 2016 damos como exemplo o coletivo espanhol Boa Mistura que pintou com motivos florais a fachada de um dos edifícios da Praça Barão da Batalha, uma intervenção com o mote de “Cidade Florida”, pelo qual Abrantes já foi reconhecida. Dos workshops, destacamos o exemplo de Javier Penã Ibáñez com a criação de plataformas “ambulantes” feitas com pedras da calçada portuguesa típicas também no centro histórico de Abrantes.

 

A arte e criatividade também se fizeram sentir em pontos como 0 cais de acostagem em Rio de moinhos com um concerto de jazz, projeto de Rodrigo Amado Motion Trio, na paria fluvial de Alvega ou ainda com Alec Dudson na partilha e discussão de ideias sobre a criatividade.

 

O 180 Creative Camp Abrantes 2016 é organizado pelo Canal 180 em parceria com a Câmara Municipal de Abrantes pelo quarto ano consecutivo.  O evento obteve o reconhecimento EFFE: Europe for Festivals, Festivals for Europe 2015 – 2016, uma iniciativa da Comissão Europeia, sendo considerado um dos eventos mais importantes à escala internacional, no que diz respeito à criatividade e comunicação, não se esgotando nesta semana em que decorre. O organizador do evento assume como objetivo a preparação de um conjunto de iniciativas que não deixem que “nem Abrantes nem o 180 Creative Camp fiquem esquecidos”.

 

Veja aqui o video!

 


Neste sítio são utilizados cookies de forma a melhorar o desenpenho e a experiência do utilizador. Ao navegar no nosso sítio estará a concordar com a sua utilização. Para saber mais sobre cookies, consulte a nossa politica de privacidade.